top of page
  • Foto do escritorPref Marechal Thaumaturgo

Prefeitos do Acre se reúnem e discutem o tratamento e destinação final dos resíduos sólidos



O prefeito Valdélio Furtado, encerrou sua agenda na capital na sexta-feira (06), com uma visita visitar à Unidade de Tratamento de Resíduos Sólidos (URTE) e um encontro na Associação dos Municípios do Acre (Amac), junto dos demais prefeitos do Estado, para discutir a destinação dos resíduos sólidos nos municípios acreanos. O encontro contou com a presença do representante do Ministério do Desenvolvimento Regional, Sr. Denilson Campelo.


O Consórcio Intermunicipal de Coleta, Destinação e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos dos Municípios do Acre realizou sua primeira Assembleia Geral Ordinária. O encontro reuniu representantes dos 22 municípios acreanos com o objetivo de discutir medidas para aprimorar a gestão dos resíduos sólidos na região. Durante a assembleia foram abordados temas como a implementação de políticas de reciclagem, a conscientização da população sobre a importância da separação correta do lixo e a busca por soluções sustentáveis para o tratamento e destinação final dos resíduos. A assembleia foi dirigida pelo prefeito de Rio Branco Tião Bocalom que também é presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac).


“Com essa ajuda que a gente vai receber do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que foi conseguido pelo Senador Alan Rick, desde quando era deputado, vamos procurar uma alternativa. Graças a Deus o Ministério de Desenvolvimento Regional abraçou o projeto e vai financiar o projeto inicial”, explicou o prefeito.


“A política de resíduos sólidos é uma política que hoje em dia a gente tem que tocar o mais rápida possível, porque a gente tem o ministério público cobrando essas soluções. O marco do saneamento está aí fazendo essa cobrança. Então nós temos até o ano de 2024 para fazer todos esses ajustes”, destacou Denilson Campelo, diretor do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional.


Os representantes dos municípios demonstraram grande interesse em promover melhorias na gestão dos resíduos sólidos urbanos no Acre.


O prefeito de Marechal Thaumaturgo informou que esse problema é um problema que assola todo o Estado do Acre. “Na verdade grande parte dos municipios do Brasil. Fizemos umas visitas fora do Acre em relação a isso, graças a Deus está caminhando, eu acredito que mais um ano esse problema será resolvido no Acre e será uma grande vitória para todos.”


“Cruzeiro do Sul nós iremos consorciar Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves. No caso dos municípios isolados do Juruá, como o município de Marechal Thaumaturgo e Porto Walter, cada um terá que ter o seu próprio aterro porque não tem como consorciar, tendo em vista a dificuldade desse acesso para o município de Cruzeiro do Sul”, disse o prefeito de Cruzeiro do Sul Zequinha Lima.


Ao final do encontro, ficou estabelecido um plano de trabalho conjunto entre os municípios para fortalecer as práticas sustentáveis e buscar soluções inovadoras para o manejo adequado dos resíduos.


“A gente definiu uma série de coisas aqui, principalmente a estrutura oficial para tocar o Consórcio, porque já tem que começar a prestar conta de algumas coisas e a gente precisa fazer o mais rápido possível. Fiquei feliz porque foi uma reunião em que o consórcio já começa a mostrar a cara”, concluiu o prefeito.


Galeria de Fotos


Comentarios


bottom of page