• Pref Marechal Thaumaturgo

Marechal Thaumaturgo celebra o dia do índio através do grande legado de ações e benfeitorias

Marechal Thaumaturgo celebra o dia do índio através do grande legado de ações e benfeitorias de seu primeiro prefeito indígena.


É na gestão de um aguerrido e determinado índio ashaninka, vindo da lá das cabeceiras do Rio Amônia (Aldeia Apiwtxa), que o município de Marechal Thaumaturgo está vivendo um novo e notável capitulo de sua centenária história territorial e de a sua história recente de emancipação política e administrativa.



Chegar ao posto máximo da gestão pública municipal não foi nada fácil para o primeiro prefeito indígena de nossa municipalidade e de nossa unidade federativa – Isaac Piyãko. Em sua primeira eleição, assim como a segunda, sofreu inúmeras manifestações e atos racistas, pelo fato de ser indígena. Foi eleito! Fez história! Enfrentou um sistema, trabalhou, trabalhou muito!



Nas eleições municipais de 2020, colocou novamente o seu nome para pleitear uma vaga no Executivo Municipal, agora por uma nova sigla partidária. Enfrentou todos os ex-prefeitos do município, forçou a união siglas e corrente ideológicas políticas que sempre rivalizaram pelo poder local. Venceu novamente! Mais uma vez colocou seu nome a história deste município; quando muitos davam por impossível a reeleição de prefeito; porém o povo thaumaturguense, reconhecendo o trabalho prestado, lhe reconduziu novamente ao posto máximo da gestão municipal.

Um professor indígena que deixa a cada dia que passa seu nome cravado na história de nossa municipalidade! Deixa um legado incomparável de boas ações, benfeitorias e políticas públicas, nas mais diversas áreas, que beneficiam e impactam diretamente a vida dos munícipes thaumaturguense residentes na cidade e no interior.

Mas qual o segredo do sucesso? Há uma varinha de condão? Não, com certeza não! Não há milagres e nem muito menos magia; o que há é muito trabalho, acompanhando sempre de muito planeamento de ações estratégicas. Há dedicação, compromisso, responsabilidade, serenidade, transparência e correta aplicação dos recursos públicos.


Um gestor que é símbolo de luta, de resistência, de reconhecimento e também de inspiração, pois o que vimos, no último dia 19/04, foi um sentimento mútuo de orgulho em ser índio manifestado por outros originários do município (Kaxinawás, Kuntanawas, Jaminawás, Apolimas e Ashaninkas); que dantes não víamos, e que agora aflora no coração e nos sentimentos de muitos indígenas pela representação do gestor maior do município ser também indígena.


O fato é que Marechal Thaumaturgo tem muito a comemorar nessa data (19 de abril) que celebra os legítimos brasileiros, seja por direito histórico, de território ou de sangue! A história há de se lembrar e registrar um antes e um depois da incomparável gestão de seu PRIMEIRO PREFEITO INDÍGENA, ISAAC DA SILVA PIYÃKO, da etnia indígena Ashaninka do Rio Amônia (Aldeia Apiwtxa).


Galeria de fotos:





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo