top of page
  • Pref Marechal Thaumaturgo

Prefeitura honra pagamentos e quita precatórios, injetando mais de 2,3 milhões na economia acreana


A Prefeitura de Marechal Thaumaturgo paga nesta segunda-feira (02) todo o precatório devido pelo município.


A informação é do prefeito Valdélio Furtado confirmada hoje (02) pelo secretário municipal de planejamento e finanças, Cleonilton Santos.


O valor foi de R$ 2.359.500,86 (Dois milhões trezentos e cinquenta e nove mil, quinhentos reais e oitenta e seis centavos).

O prefeito comemorou a quitação do precatório as pessoas e empresas. "É um compromisso cumprido pela nossa gestão. Desde 2017 nossa equipe vem se empenhando para solucionar os pagamentos de Precatórias junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC). Depois de uma intensa luta, nesta segunda-feira, 02, conseguimos efetuar o pagamento de todos os precatórias do município. São mais R$ 2.359.500,86 (dois milhões trezentos e cinquenta e nove mil, quinhentos reais e oitenta e seis centavos) que beneficaram a economia do Estado." frisou o gestor.


O prefeito destacou que sua administração assim como a do ex-prefeito Isaac Piyãko, é diferente, corajosa, comprometida com os destinos dos Thaumaturguense, e, em particular, transparente. "Com isso manteremos essa conduta durante todo o nosso mandato, balizados no respeito ao contribuinte, servidores, aos nossos parceiros e fornecedores."


Coube ao prefeito o pagamento de 100% do precatório, que renegociou o pagamento junto sem comprometer a saúde financeira do município.


Valdélio Furtado enfatizou que o município, desde que assumiu definitivamente o governo municipal, mantém a política “pé no chão” de controle de gastos e investimentos, e tem conseguido fechar os exercícios financeiros com equilíbrio financeiro.


O secretário Cleonilton Santos explicou que “a boa gestão financeira desta Administração, iniciada em 2017, possibilitou regularizar o pagamento de precatórios. Além disso, foi possível aumentar e manter o nível de investimento do município, principalmente nas áreas de infraestrutura e sociais”.



0 comentário
bottom of page