• Pref Marechal Thaumaturgo

Marechal thaumaturgo é o município acreano com maior cobertura vacinal proporcionalmente do estado

Os esforços da gestão do prefeito Isaac Piyãko junto do vice-prefeito Valdélio Furtado através da pasta de saúde, sobre a administração do secretário José Maria da Silva e sua dedicada e brava equipe de profissionais; tem sido notório desde do princípio das ações de combate e prevenção ao Coronavírus, como também de levar e aplicar as doses de vacinas desatinadas ao município aos seus públicos prioritários.


A gestão fez notáveis investimentos, tanto nas ações de combate, prevenção e enfretamento, como nas ações da campanha de vacinação, que está em andamento. Grandes esforços têm sido feitos, principalmente tendo em vista a extensão territorial do município – que é uma das maiores do estado, o qual tem 05 (cinco) etnias indígenas em 04 (quatro) áreas/rios diferentes, aonde sendo um dos públicos prioritário, houve uma logística especial para que as doses das vacinas recebidas fossem aplicadas; sendo contratado inclusive mais profissionais, assim como também os ribeirinhos acima de 30 (trinta) anos, que já estão sendo vacinados, muitos deles recebendo a vacina em suas próprias residências.


E o resultado desse empenho e compromisso, em destinar prontamente as doses recebidas em tempo ágil aos seus públicos prioritário colocam o município como o primeiro do estado em cobertura vacinal; aonde segundo os dados do Plano Nacional de Imunização, Marechal Thaumaturgo é a municipalidade acreana com a maior cobertura vacinal proporcionalmente da Unidade Federativa, sendo 86,69%; seguido de Brasiléia, com 76,89%, e, Manoel Urbano, com 75,02%.


Quanto a aplicação segunda dose – segundo também dados do Ministério da Saúde (OPEN DATA SUS) Marechal Thaumaturgo é a 4ª (quarta) municipalidade acreana que mais aplicou doses com 10,54%; ficando atrás apenas de Santa Rosa do Purus (15,80%), Assis Brasil (12,74) e Jordão (11,28%).


Nessa terça-feira, 01/06, o município começou a vacinar os profissionais da área da educação (primeira dose), tanto da sede como da zona rural, devidamente lotados nas unidades escolares, secretaria e departamentos da educação – profissionais de qualquer faixa etária de idade.


Galeria de fotos:


0 comentário