• Pref Marechal Thaumaturgo

Caravana de Prefeitos do Acre discute Lei Orçamentária Anual 2023

As prefeituras precisam estar organizadas para receber as emendas parlamentares. A bancada do Acre pode apresentar 15 emendas. O valor supera a casa dos R$ 200 milhões


A Caravana dos Prefeitos do Acre discutiu, nesta quarta-feira (27), a Lei Orçamentária Anual (LOA). A reunião ocorreu na Universidade de Medicina (ITPAC), em Cruzeiro do Sul. As prefeituras precisam estar organizadas para receber as emendas parlamentares. A bancada do Acre pode apresentar 15 emendas. O valor supera a casa dos R$ 200 milhões.


A diretora técnica do escritório da Amac em Brasília, Regina Maria, falou sobre a importância desse evento. “Hoje nós passamos uma prévia do orçamento geral da União 2023, é uma previsão das datas, dos valores e passamos uma orientação para os prefeitos da situação do orçamento de 2022, o que já foi empenhado, o que já foi pago e algumas dicas sobre a execução dos convênios para que possamos otimizar essa execução nos municípios”, relatou.


O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, aproveitou a oportunidade para entregar uma cooperativa aos agricultores que cultivam a Citronela, uma planta medicinal com propriedades repelentes para insetos, aromatizadora, bactericida e calmante, sendo muito utilizada na confecção de cosméticos e que vai gerar renda para muitas famílias. “É uma fábrica que vai render, em média, por ano, por hectare, para cada agricultor, algo em torno de 25 a 35 mil reais, então, é um ganho significativo, um ganho extra que vem complementar a renda dessas famílias”.


O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, que sempre teve como bandeira de vida a agricultura familiar, disse que há muito tempo vem falando desse assunto. Ele afirma que a prosperidade vem da terra. “A agricultura familiar precisa de muito apoio. A gente tem que acabar com aquela história de que o produtor rural tem só que plantar e não ganhar dinheiro. O apoio do poder público é fundamental, criando a legislação própria, criando o ambiente jurídico para que isso aconteça e dando segurança para que o nosso produtor possa ganhar dinheiro. O Acre tem essa saída, a nossa santa terra tem condições de melhorar a vida de milhares de pessoas da nossa cidade”, concluiu.


Para o prefeito thaumaturguense, Valdélio Furtado, as agendas são positivas e o diálogo importante para o desenvolvimento dos municípois. "Em Cruzeiro do Sul, estamos pedindo o apoio da bancada federal (deputados e senadores), governo do estado, governo federal, discutindo questões importantes para as cidades, tratando do orçamento, visitando produtores em prol de uma agenda econômica com o agronegócio" disse Furtado.


O prefeito de Marechal Thaumaturgo também aproveitou para destacar a visita que fez em Mâncio Lima com os demais colegas prefeitos e membros da Amac, como a visita a Fazenda e a Fábrica do Café Vô Raimundo.


Galeria de Fotos




0 comentário