• Pref Marechal Thaumaturgo

Campanha de vacinação contra a covid-19 avança em Marechal Thaumaturgo

Campanha de vacinação contra a covid-19 avança em Marechal Thaumaturgo trazendo esperança de que esses tempos de medo, percas e incertezas chegarão ao seu fim.


Há um ano atrás, no dia 11 de março de 2020 a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhecia a pandemia mundial do Coronavírus. Uma pandemia que criou um novo normal, chegou a todos os cantos e recantos do planeta terra causando a morte de mais de 2,6 milhões de pessoas. Porém, em tempo recorde, a cura foi descoberta, não só uma vacina, mas várias.


As campanhas de vacinação já começaram em quase todos os países, aonde alguns já iniciaram inclusive a vacinação em massa de sua população. No Brasil a campanha de vacinação contra a Covid-19, ainda se dar a passos lentos, pela falta de vacinas, aonde a mesma acontece primeiramente a grupos prioritários.


Em Marechal Thaumaturgo, a gestão do prefeito do prefeito Isaac Piyãko junto do vice-prefeito Valdélio Furtado através da pasta da saúde, também já iniciou a Campanha de Vacinação contra o Coronavírus em três grupos prioritários: profissionais da saúde, indígenas aldeiados e idosos.


Conforme o último boletim da Secretaria Municipal de Saúde (SEMAS), divulgado na tarde da última quinta-feira, 11/03, o município recebeu do Governo do Estado 2.083 (duas mil e oitenta e três) doses de vacina, aonde segundo o mesmo boletim, já foram administrada 1.534 (mil quinhentas e trinta e quatro) doses, sendo 283 (duzentas e oitenta e três) em profissionais da saúde, sendo que 94 (noventa e quatro) destes já receberam a segunda dose; 1.12 (mil, cento e doze) doses aplicadas em indígenas aldeiados, sendo que 439 (quatrocentos e trinta e nove) já receberam a segunda dose, e 139 (cento e trinta e nove) doses aplicadas em idosos na faixa etária de idade de 75 (setenta e cinco) anos para cima – da sede e zona rural.


A então campanha de vacinação traz esperança de novos dias para todos os thaumaturguenses, que também anseiam por sua vez de vacinarem. Os dedicados e aguerridos profissionais de saúde têm ido aos lugares mais distantes do município, as aldeias indígenas, as comunidades ribeirinhas, aos bairros.... Aonde se encontram os munícipes dos públicos prioritários, levando não só a vacina, mas também a mensagem de que a pandemia será vencida, e esses tempos de tristezas e incertezas chegarão ao seu fim.


Galeria de fotos:



0 comentário